Software para advogados: você realmente precisa de um?

software para advogados
7 minutos para ler

Com o avanço das inovações e tecnologias na área do Direito, o uso de softwares para advogados ganha cada vez mais destaque. Para isso, não basta ser apenas advogado, é preciso ser empreendedor para escolher o melhor software para advogados.

Nesse novo modelo, pode ser que o advogado precise desenvolver uma visão sistêmica do escritório, conhecer a fundo o mercado em que atua e também quais ferramentas tecnológicas são necessárias para o seu crescimento.

Uma das escolhas mais difíceis para os escritórios de advocacia é definir qual software para advogados adotar e como incorporar na rotina do escritório.

No artigo de hoje, analisaremos com profundidade essa questão e quais as soluções inovadoras disponíveis no mercado. Isto é, não trataremos dos softwares jurídicos padrões que você provavelmente já conhece: como CPJ da Preambulo, ADV Win, etc.

E… como de costume. Traremos uma provocação.

Será que o seu escritório realmente precisa de um software de advogados?

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Por que você quer um software para advogados?

software para advogados

Qual o maior problema do seu escritório hoje? Como você resolve esse problema?

Antes de contratar qualquer solução, é importante se perguntar e entender a situação atual do seu escritório e identificar se o software é realmente uma prioridade para você.

Se o seu escritório tiver problemas de organização e de gestão, certamente um software pode ser interessante.

Mas, por outro lado, se você ainda não conseguiu organizar os procedimentos internos do escritório, será que um software trará essa organização que precisa?

A maioria dos escritórios contrata “ferraris” mas as utiliza como “fuscas”.

Os softwares têm todas as ferramentas que os escritórios precisam, mas se os advogados não o utilizarem da melhor forma, os resultados podem não surgir.

Por isso, antes de utilizar um software, o primeiro passo é arrumar a casa e definir os processos e fluxos do seu escritório.

Antes de contratar um software para advogados… planeje!

Segundo o Sebrae, alguns fatores são responsáveis pelo fechamento das empresas, entre eles o planejamento, a capacitação dos sócios e a gestão do negócio.

Nesse sentido, a falta de noções de empreendedorismo, planejamento e gestão financeira são as principais causas para o fracasso de um negócio.

Essa lógica também vale para os escritórios de advocacia.

O primeiro passo é definir as prioridades e os processos do escritório, entender os maiores problemas para, enfim, buscar soluções.

Possivelmente, com uma mudança de cultura do escritório, um planejamento estratégico bem definido e a definição de novos processos internos o problema pode ser resolvido.

Entretanto, em outros casos, pode ser interessante buscar softwares para advogados, aplicar técnicas de Legal Design, desenvolver contratos mais inteligentes, entre outros recursos

Avalie os procedimentos internos e crie fluxos de trabalho

software para advogados

É preciso criar fluxos bem definidos para o atendimento aos clientes, para as atividades administrativas e para a execução dos serviços.

Você sabe qual o fluxo de captação de clientes? Qual o fluxo de atendimento de clientes? Qual o fluxo de execução de serviços jurídicos?

Trata-se de um exercício de desenhar tudo o que acontece no seu escritório, com o objetivo de criar padrões.

Dessa forma, esses fluxos devem abarcar o lançamento de dados (seja em planilha do excel ou um sistema próprio) para garantir que os serviços sejam executados com excelência e que os clientes estejam satisfeitos.

E, além disso, que você consiga analisar o panorama geral do seu escritório de forma objetiva por meio de métricas.

A tarefa não é fácil e exige disciplina

Recomendamos que periodicamente todos do escritório avaliem o que funcionou, o que não funcionou, o que foi respeitado ou não. Assim, você garante que o escritório esteja em evolução constante.

Nesse sentido, no momento de definir os processos internos, é interessante que sejam estabelecidas parâmetros para mensurar a produtividade da equipe.

Isto é, quantas atividades cada advogado executa por mês? Qual o custo da execução de cada serviço jurídico?

A partir dessas perguntas, é possível identificar pontos de melhoria e soluções para os problemas internos.

Agora, considerando que você realizou o seu dever de casa e realmente precisa de um software para advogados. Qual você deve contratar?

Definindo o melhor software para advogados

software para advogados

Após ter mapeado todos os processos, chegou a hora de definir qual software utilizar:

Algumas perguntas ainda podem ser feitas:

Você precisa de uma ferramenta para conquistar novas parcerias e adquirir mais clientes? Ou para melhorar o uso do tempo? Uma rotina mais automatizada e organizada? Ou uma gestão de processos que exija menos esforço do seu time?

A partir dessas respostas, você pode buscar a solução ideal para o seu escritório.

Como:

1 – Heflo

A Heflo é uma plataforma de gerenciamento de processos na nuvem que permite estabelecer responsabilidades, tarefas, prazos, formulários da operação.

Ou seja, ela é útil para o mapeamento de cada atividade e para a inovação no controle dos processos e dos prazos.

2 – Hubspot

Além da automatização de tarefas administrativas, o hubspot possui ainda funções para controle de marketing, vendas e serviços.

Com destaque para a ferramenta de marketing, que disponibiliza métricas para acompanhar as visitas ao site, inclusive com taxas de conversão. Sendo assim, a ferramenta pode te auxiliar na criação de campanhas de marketing de conteúdo.

3Trello ou Asana

São aplicativos de gestão de tarefas, intuitivas e funcionam como um quadro de atividades, uma espécie de “planner”. Elas permitem que as equipes criem, distribuam e acompanhem as atividades entre si.

Pode ser usado para auxiliar na organização de prazos processuais e na gestão das tarefas da equipe jurídica. Além de incluir atividades administrativas e estratégicas do seu escritório.

4 – Legal Boards

O Legal Boards é um aplicativo voltado para advogados que querem trabalhar com metodologias ágeis.

A ferramenta ajuda escritórios de advocacia a organizarem o fluxo de trabalho de uma forma colaborativa.

E… o melhor! Possui uma versão com teste grátis.

5 – Xjus

O XJus combina funcionalidades dos softwares jurídicos tradicionais com soluções mais avançadas de jurimetria, analytics e ajuda advogados a tomarem decisões com base em dados.

Conclusão

aplicativos para escritórios de advocacia

Existem muitas ferramentas tecnológicas interessantes que podem ajudar advogados a trabalharem de uma forma mais eficiente.

Você pode utilizar alguns dos softwares que listamos, buscar algum software mais tradicional, buscar alguma solução de jurimetria, como a Juit, ou utilizar uma solução como a Freelaw para contratar advogados para elaborar petições para o seu escritório de forma online e sob demanda.

Todas as tecnologias listadas podem trazer benefícios significativos para os usuários. Entretanto, antes de pesquisar sobre Lawtechs, Blockchain ou Legal Design, compreenda bem sobre o contexto atual do seu escritório.

A partir disso, ficará mais fácil a busca por ferramentas tecnológicas.

Caso você tenha demandas reprimidas no seu escritório ou queira expandir o seu portfólio de atuação, a Freelaw, por exemplo, pode ser uma boa opção.

Por outro lado, caso queira pesquisar jurisprudências de forma mais ágil, a Juit será a melhor solução.

E… se quiser gerenciar tarefas de uma forma mais ágil, pode ser o Legal Boards.

Gostou do nosso artigo? Deixe sua opinião e dúvidas nos comentários.

E se quiser conhecer mais sobre a Freelaw, leia nosso artigo e descubra como advogados inovadores estão utilizando a freelaw para fazer parceria jurídica?

Você também pode gostar

Um comentário em “Software para advogados: você realmente precisa de um?

Deixe um comentário